Por Ana Elisa Abddala Rocha 01 de setembro de 2023

Secure Access Service Edge (SASE): conheça o conceito e os benefícios por trás dessa abordagem

As inúmeras vantagens proporcionadas pelas aplicações em nuvem têm impulsionado sua adoção por empresas e até mesmo por agências governamentais, gerando uma transformação significativa nos processos de eficiência e inovação. Nos últimos anos, o investimento nesse campo experimentou um crescimento exponencial, superando outras categorias no que diz respeito ao orçamento de Tecnologia da Informação. De acordo com o Gartner, é estimado que até 2025, metade dos gastos totais em TI serão direcionados para soluções baseadas em nuvem, como a solução de SASE.

Essa tendência não se restringe apenas à área de TI. Diversos setores estão adotando essas soluções em busca de agilidade e eficiência. Plataformas de redes sociais, comunicação, ferramentas colaborativas, análise de dados, vendas, finanças, entre outras, têm demonstrado ser significativamente superiores em comparação com as alternativas tradicionais presentes no mercado.

Segundo relatório divulgado pela Netskope, parceira da Compugraf, organizações com 500 a 2.000 funcionários usam, em média, 664 aplicações distintas em nuvem por mês.

Nesse cenário, antigos métodos de segurança baseados em perímetro estão se mostrando inadequados para lidar com as ameaças modernas. Os usuários não estão mais restritos a redes corporativas e, portanto, as abordagens convencionais de segurança centradas em firewalls físicos e gateways VPN não conseguem acompanhar a dinâmica das atividades digitais atuais.

Por isso, o SASE (Secure Access Service Edge) surge como uma resposta inteligente às crescentes demandas por segurança e desempenho. Adotar essa abordagem representa um passo crucial na garantia da proteção dos ativos digitais.

O que é SASE?

Secure Access Service Edge (SASE) trata-se de uma abordagem inovadora de arquitetura de rede e segurança que busca unificar serviços de proteção, conectividade e visibilidade em uma única estrutura baseada em nuvem. Essa integração estratégica elimina as barreiras entre a segurança da rede e a segurança de aplicativos, permitindo um ambiente mais coeso e seguro.

Funcionalmente, o conceito de SASE abrange uma variedade de serviços de segurança e rede que são interconectados e integrados. Isso inclui ZTNA (Zero Trust Network Access), SD-WAN (Software-Defined Wide-Area Network), CASB (Cloud Access Security Broker), firewalls de última geração e FWaaS (Firewall as a Service), NG SWG (Next Generation Secure Web Gateways) e MFA (Multi-Factor Authentication).

Esses serviços não têm apenas o propósito de oferecer aos usuários acesso à nuvem, mas também de manter uma vigilância constante sobre suas ações, dispositivos, aplicativos e o contexto dessas ações.

Os fatores contextuais do SASE são:

  • A identidade do usuário
  • O dispositivo que está sendo usado para solicitar acesso
  • O local de onde o acesso está sendo tentado
  • A identidade das aplicações acessadas na nuvem
  • Os dados solicitados – o que são e onde estão armazenados
  • Os padrões de comportamento do usuário
  • A interação com a aplicação – o que o usuário está tentando fazer especificamente

Em seguida, ao reavaliar continuamente este fluxo de informações, o sistema de segurança SASE aplica a segurança com base em políticas de acordo com a necessidade do negócio.

Mover os serviços de segurança do data center para a nuvem, mais perto dos pontos de vulnerabilidade e dos usuários, gera maior visibilidade e controle mais firme sobre o que está acontecendo e com quem, a todo momento. Dessa forma, o SASE ajuda as equipes de segurança a permitir novas aplicações e novas maneiras de fazer negócios, ao mesmo tempo em que protege o acesso às aplicações on-premises mais antigas.

Os benefícios do SASE

Uma arquitetura de rede SASE oferece segurança e desempenho aprimorados, gerenciamento simplificado, escalabilidade, eficiência e conformidade. Ao adotar o SASE, as organizações podem estabelecer uma infraestrutura de rede que atenda às demandas do cenário digital moderno.

  • Segurança consolidada em um único ponto – Reúne recursos de segurança, como firewall, prevenção de ameaças, filtragem de conteúdo e detecção de anomalias, simplificando a gestão e garantindo uma abordagem consistente.
  • Proteção de dados em movimento – Assegura a proteção dos dados em trânsito, independentemente da localização do usuário, aplicando políticas de segurança baseadas em identidade e uma arquitetura escalável e flexível.
  • Acesso seguro à nuvem – Garante que os usuários acessem aplicativos e dados na nuvem de forma segura, protegendo informações confidenciais contra ameaças cibernéticas.
  • Desempenho otimizado – Projetado para garantir alto desempenho, mesmo com aumento do tráfego, garantindo produtividade dos usuários sem comprometer a experiência.
  • Economia de Custos – Ao eliminar a necessidade de hardware específico para cada localização, o SASE oferece uma abordagem mais econômica para a implementação de medidas de segurança avançadas.

Quer saber mais sobre o SASE e como implementá-lo no seu negócio? Baixe o datasheet sobre a solução.

 

Compugraf

Especialista em segurança de dados e certificada por parceiros reconhecidos mundialmente, a Compugraf está pronta para proteger sua empresa na era digital.

O que procura?