Beatriz Cascardi Moreira 10 de abril de 2023

Quando tratamos de tecnologia manter-se atualizado é peça chave. Com isso em mente, a Compugraf tem marcado presença em grandes eventos de cibersegurança e tecnologia para embasar discussões e implementações de tendências no mercado brasileiro. 

Em fevereiro, Denis Riviello (Diretor e Head de Segurança ) e Kleber de Souza (Gerente de segurança da informação) estiveram em Israel para participar do Cybertech Global Tel Aviv e do DLD Innovation Festival. Pouco depois, Rodrigo Rocha (Gerente de pré-vendas) esteve em Miami para visitar o CPX 360, evento desenvolvido pela Check Point. 

Além dos benefícios conhecidos de comparecer a um evento corporativo, como networking e relacionamento com clientes e parceiros, a presença da Compugraf teve como foco principal analisar as tendências e novas startups.  

Cyberteck Global Tel Aviv 

A principal tendência em cibersegurança abordada durante o evento foi as inovações em soluções de segurança como serviço (SAAS – Software as a Service). Notou-se um aumento de startups com esse modelo de negócio que se baseia na contração de serviços completos, ao invés da compra apenas do software. Além disso, a partir da preocupação com customer experience, empresas tem oferecido serviços gerenciados, a fim de entregar projetos personalizados e gerência das aplicações e até mesmo ofertando as responsabilidades de liderança em segurança de maneira terceirizada (CISO-as-a-service). Serviços nesse formato reduzem o custo em infraestrutura e funcionários especializados. 

As soluções em Scan tem ganhado mais força devido a necessidade de um diagnóstico que alerte para possíveis vulnerabilidades, bem como softwares específicos em Sistemas de Segurança e Manutenção Preditiva. Além disso, muito se comentou sobre a implementação de inteligência artificial para otimizar ferramentas de segurança. 

Israel é um polo de tecnologia em segurança da informação devido a grande preocupação do exército e das empresas privadas no investimento na área. Uma curiosidade: 5% do PIB do país é dedicado para investimentos no seguimento de cibersegurança. 

DLD Innovation Tel Aviv e CPX 360 

Diferente do primeiro evento, o DLD teve como foco inovações tecnológicas para diversos seguimentos. Segundo Denis e Kleber, a visita ao DLD foi mais do que uma busca por novas soluções em tecnologia, mas uma oportunidade de ampliar o campo de visão. 

Já o CPX 360, evento realizado pela Check Point, parceira Compugraf, foi direcionado para parceiros e clientes para a apresentação de novos produtos que combatam as ameaças cibernéticas cada vez mais elaboradas.  

O evento trouxe como tema principal a “revolução da inteligência artificial” e como essa tecnologia pode somar na prevenção de ciberataques. Outro ponto abordado pela Check Point foi a integração de soluções que juntas, se complementam para entregar uma infraestrutura de proteção mais complexa que, atualmente, se faz muito necessária devido ao aumento do regime de trabalho híbrido no mundo.   

Estar presente em eventos como esse é uma grande oportunidade de conhecer novas tecnologias, estreitar o relacionamento com parceiros e clientes, descobrir novas tendências em cibersegurança e principalmente, agregar o que há de mais positivo e relevante para nosso contexto brasileiro. Tudo isso para a Compugraf garantir sempre o pioneirismo em exportação das melhores soluções em cibersegurança. 

 CONHEÇA NOSSO PORTFÓLIO!

 

Compugraf

Especialista em segurança de dados e certificada por parceiros reconhecidos mundialmente, a Compugraf está pronta para proteger sua empresa na era digital.

O que procura?